Catalisador

No início dos anos 90, a presença de catalisador nos carros chegou a ser motivo de marketing para algumas montadoras, hoje porém, todos os carros fabricados trazem esse equipamento pois sem eles os níveis de poluentes máximos exigidos pela legislação seriam ultrapassados. Como seu carro foi projetado para ter o equipamento, sua condição precisa ser perfeita para o pleno funcionamento do carro.

O catalisador é uma peça instalada no meio do cano de escape,  onde há cerâmica que quando aquecida, produz a conversão dos gases poluentes gerados na queima do combustível, em outros não nocivos. Atualmente muitos carros possuem sensores que checam essa eficiência de conversão, e uma falha pode levar ao acendimento da luz de injeção eletrônica.

Um catalisador original é projetado para durabilidade mínima de 80mil km, porém, por estar geralmente sob o veículo e possuir cerâmica em seu interior, pode sofrer danos quando o fundo do carro raspa em buracos, lombadas ou outros obstáculos enfrentados pelo veículo.

A principal observação durante uma revisão no sistema de exaustão é quanto a sinais de amassados e de quebras da cerâmica. O som abafado ao se bater na peça com um martelinho, também dá bom indício de que a peça ainda tem a cerâmica inteira.

Outro problema que o catalisador pode apresentar é sua saturação e consequente efeito de entupimento, dificultando ou até impedindo a passagem dos gases, fazendo o motor perder rendimento e aumentando seu consumo. Esse é um defeito que tem piora gradual e muitas vezes o condutor tem dificuldade em perceber, na avaliação do sistema de escape, o mecânico consegue avaliar bem esse tipo de problema, com o auxílio de termômetro, medindo a diferença de temperatura entre a entrada e saída do escapamento.

Na resolução de defeitos desse componente, não há caminho curto, é necessário a troca completa do componente por outro novo. A gambiarra que muitos fazem é a retirada da cerâmica, o que aumenta o nível de poluentes do carro e deixa o sistema de escape mais livre que o projetado piorando o desempenho do motor e podendo levar a sinalização de defeitos pelo sistema de injeção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s