Discos de Freio – Dicas para Compra

Se você tem um Fiesta 1.0 e já tentou comprar freio conosco deve ter percebido que existem pra ele 2 tipos de disco: sólido e ventilado. Essa diferença acontece em vários outros modelos de carro, e nesses casos precisamos de sua ajuda para a compra da peça certa.

Nas montadoras, os sistemas de freio são fornecidos por terceiros como a TRW, e por vezes na linha de produção , em um mesmo ano, são produzidos unidades com peças diferentes nesse sistema. Existem modelos como o VW Fox por exemplo, que chega a sair de fábrica, em um mesmo ano , com 3 combinações diferentes de disco e pastilha, e nesses casos, o vendedor de autopeças tem dificuldades em acertar o modelo correto sem ver a peça ou receber a dica do mecânico ou proprietário.

Para a compra do disco, quando o carro saiu com disco do tipo sólido e também ventilado precisamos dessa informação, e para identificar basta achar um vão na roda do veículo para analisar a borda do disco.

DISCOS

A peça da esquerda é o ventilado, que é constituído por 2 discos simples, finos e um espaço no meio, que faz a ventilação e ajuda no resfriamento do disco aumentando a eficiência da frenagem.

O disco de freio da direita é o sólido, formado por uma peça maciça, e que é o tipo mais antigo de discos que existe, e que aos poucos vem perdendo espaço nos projetos das montadoras para o ventilado.

Pela explicação acima, é fácil surgir a idéia de substituir o disco sólido pelo ventilado para melhorar a eficiência do sistema de freios. Porém, a simples troca de um pelo outro não é possível, pois em conjunto a eles temos pinças e pastilhas, que também mudam de um sistema ao outro, então, para a troca de disco de sólido para ventilado, é necessário a troca de todo o sistema de freio que vai na roda, com suporte de pinças, pinças, pastilhas e discos, o que tornaria o serviço muito caro, e relativamente desnecessário se a potência do carro não foi alterada, uma vez que o sistema é dimensionado pelo fabricante para a potência do veículo. Atualmente todos os modelos acima da linha 1.0 saem de fábrica com sistemas de discos ventilados.

Outra questão recorrente para a compra do disco é o diâmetro dele, pois da mesma forma que acontece a variação entre sólido e ventilado, saem de fábrica, modelos com diâmetros distintos, e nesse caso, os discos maiores também agregam em poder de frenagem. A diferença de tamanho geralmente é da casa de 40-50 mm, então, é possível com uma régua, paralela a roda, determinar a medida aproximada do disco olhando pelos vãos da roda.

 

Na imagem abaixo, o diâmetro é a medida A

disco-cruze

Sabendo identificar o tipo de disco de freio aplicado a seu carro, a compra do kit disco e pastilha fica bem mais simples e assertiva, evitando transtornos e garantindo o recebimento do ítem correto. Nós da OUTPEC buscamos sempre vender a peça certa, inclusive deixando de oferecer determinados ítens da linha de freio quando não é possível a identificação do modelo correto da peça sem a desmontagem. Com esse post esperamos facilitar a identificação nos casos que destacamos no anúncio que é necessária a avaliação da peça correta antes da compra.

Confira em nosso vídeo mais algumas dicas sobre esse assunto e visite nosso site na seção FREIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s